Ouvidoria

A Ouvidoria do CRCCE é um canal de comunicação dos profissionais contábeis e da sociedade em geral com a direção e os departamentos do Órgão. O serviço da Ouvidoria é imparcial e independente, consolidado como instrumento de democracia participativa.

 

Os objetivos são esclarecer os direitos, buscar soluções para as questões levantadas, funcionando como elo direto e permanente entre o CRCCE e os profissionais da Contabilidade, além de atender ao disposto na Resolução CFC nº 1544/2018, que regulou a participação, proteção e defesa dos direitos do usuário dos serviços públicos, previstas na Lei nº 13.460, de 26 de junho de 2017, no âmbito do Sistema CFC/CRCs.

 

A Resolução CRCCE nº 703/2018 dispõe sobre a Ouvidoria do Regional e a Portaria CRCCE nº 39/2019 nomeia seu Ouvidor.

 

Atribuições da Ouvidoria do CRCCE

 

I – promover a participação do usuário na gestão do CRCCE, em cooperação com outras entidades de defesa do usuário;

II – acompanhar a prestação dos serviços, visando garantir a sua efetividade;

III – propor aperfeiçoamentos na prestação dos serviços;

IV – auxiliar na prevenção e correção dos atos e procedimentos incompatíveis com os princípios estabelecidos em normativos da profissão;

V – propor a adoção de medidas para a defesa dos direitos do usuário, em observância às determinações dos normativos da profissão;

VI – receber, analisar e encaminhar às unidades competentes as manifestações, acompanhando o tratamento, a coerência das respostas com as informações constantes na Carta de Serviços do CRCCE e a efetiva conclusão das manifestações dos usuários;

VII – estabelecer e manter um canal de comunicação permanente, imparcial e transparente com os cidadãos que buscam os serviços do CRCCE;

VIII – promover a adoção de mediação e conciliação entre o usuário e o CRCCE, sem prejuízo de outros órgãos competentes, com a finalidade de ampliar e aperfeiçoar os espaços de relacionamento e participação da sociedade com a gestão do CRCCE;

IX – processar as informações obtidas por meio das manifestações recebidas e das pesquisas de satisfação realizadas com a finalidade de avaliar os serviços prestados, em especial sobre o cumprimento dos compromissos e dos padrões de qualidade de atendimento da Carta de Serviços ao Usuário;

X – produzir e analisar dados e informações sobre as atividades de ouvidoria, para subsidiar recomendações e propostas de medidas para aprimoramento da prestação dos serviços e correção de falhas;

XI – exercer as atribuições do Serviço de Informações ao Cidadão, de que trata o Art. 6º da Resolução CFC n.º 1.439, de 19 de abril de 2013; e

XII – receber, tratar e dar resposta às solicitações encaminhadas por meio do formulário Simplifique!, nos termos dos normativos da profissão.

 

Como atua a Ouvidoria do CRCCE

 

O serviço é disponibilizado através do portal (www.crc-ce.org.br), do e-mail (ouvidoria@crc-ce.org.br) e correspondência enviada ao endereço da sede do CRCCE.

 

A Ouvidoria recepciona as demandas dos usuários; encaminha aos Setores, de acordo com sua competência; acompanhando o andamento do processo de resposta; recebe devolutiva dos Setores; analisa a resposta elaborada; posteriormente, encaminha a resposta final ao usuário solicitante.

 

Todo o procedimento é realizado em até 30 (trinta) dias, prorrogável de forma justificada uma única vez, por igual período, observando o disposto na Lei nº 13.460/2017.

 

Relatórios de Gestão

– Exercício 2019  – Clique Aqui

 

Tipos de manifestações

 

Reclamação: demonstração de insatisfação relativa à prestação de serviço público.

Denúncia: comunicação de prática de irregularidade ou ato ilícito cuja solução dependa da atuação dos órgãos apuratórios competentes.

Elogio: demonstração de reconhecimento ou satisfação sobre o serviço oferecido ou atendimento recebido.

Sugestão: apresentação de ideia ou formulação de proposta de aprimoramento de políticas e serviços prestados.

Solicitação: pedido para adoção de providências.

Simplifique: quando houver exigência injustificável ou necessidade de revisão de procedimentos ou normas.

Clique aqui para fazer sua manifestação ou para consultar o andamento